sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Gilmar Mendes em Os rei do Habeas Corpus

Hoje dez/2016, Gilmar Mendes  o eleito por FHC, continua a proteger os Habeas Corpus recriminando em plenário (uma vergonha!) as 10 Medidas do MPF-Ministério Público Federal que visa acabar com a corrupção no Brasil. Por que Gilmar Mendes é contra? Porque Gilmar Mendes é o Rei do Habeas Corpus no Brasil dando liberdade a bandidos do colarinho branco já condenados pela Justiça.
Uma trama brasileira sobre poder chantagem, crime e corrupção. A incrível história de como o banqueiro Daniel Dantas escapou da prisão com apoio do Supremo Tribunal Federal (Gilmar Mendes) e virou o jogo, passando de acusado a acusador.

A atuação militante de Gilmar Mendes em defesa de seu mentor (FHC), que o colocou no STF, é não só vergonhosa como criminosa. O rei do Habeas Corpus, que em menos de 24 horas concedeu dois a Daniel Dantas, Só está lá para fazer a defesa  da gangue que destruiu o Brasil.  O nível de atuação institucional do Gilmar Mendes equivale ao de FHC. Atuam como se fossem donos do Estado e não servidores que deveriam respeitar a liturgia dos cargos e as instituições em que atuam. Ao invés de atuar como magistrado, no sentido mais amplo da palavra, Gilmar Mendes tem sido considerado um jagunço, como declarou outro de sua laia, Joaquim Barbosa. 
Resultado de imagem para gILMAR mENDES DEU TRÊS HABEAS CORPUS EM SEGUIDA PARA dANIEL dANTAS
O médico estuprador Roger Abdelmassih, ou os banqueiros Daniel Dantas e Salvatore Cacciola(Marco Aurélio Mello), ou mesmo um empresário do tipo Carlinho Cachoeira, ou assassinos confessos como Pimenta Neves, e o adulto acusado de estuprar um menor de 12 anos, os ministros indicados por Collor de Mello e FHC soltam e comemoram.
Resultado de imagem para cacciola doou para  FHC
Resultado de imagem para Cacciola(Marco Aurélio MelloResultado de imagem para Salvatore Cacciola(Marco Aurélio Mello
Resultado de imagem para Salvatore Cacciola(Marco Aurélio Mello
Resultado de imagem para gILMAR mENDES DEU TRÊS HABEAS CORPUS EM SEGUIDA PARA dANIEL dANTASResultado de imagem para gILMAR mENDES DEU TRÊS HABEAS CORPUS EM SEGUIDA PARA dANIEL dANTAS
Gilmar Mendes além de Daniel Dantas, mandou soltar por meio de um habeas corpus o médico Roger Abdelmassih, condenado a 278 anos de prisão por violentar sexualmente 37 mulheres. No dia seguinte ao HC de Mendes, Abdelmassih fugiu para o Líbano. Outra agraciada com os habeas corpus de Gilmar Mendes é Cristina Maris Meinick Ribeiro. Ela foi condenada pela Justiça Federal do Rio de Janeiro por dar “sumiço” em processos da Receita Federal contra a Globopar, controladora das Organizações Globo. Se atualizarmos os valores, o débito da Globo com a União chega a R$2 bilhões. As notificações recebidas pela “poderosa” chegam perto de 300. Mas a Globo, o maior grupo de mídia do país, dever tanto dinheiro assim aos cofres públicos não é estranho para Gilmar Mendes. Muito menos para a imprensa grande, diga-se de passagem. Tampouco Gilmar Mendes achou estranho receber R$185 mil do esquema montado pelo PSDB conhecido como Lista de FURNAS quando ainda era da Advocacia-Geral da União. 
Imagem relacionadaResultado de imagem para Cacciola(Marco Aurélio Mello
Resultado de imagem para Fazendeiro Galvão HC Marco Aurélio MelloResultado de imagem para Salvatore Cacciola(Marco Aurélio Mello
Nessa lista, até FHC, recebeu seu “dim dim”. Além é claro de Serra, Aécio, Alckmin, Eduardo Azeredo, os coleguinhas do DEM (à época PFL).

https://limpinhoecheiroso.com/2014/02/07/cadu-amaral-as-estranhezas-de-gilmar-mendes-e-seus-habeas-corpus/gilmar_mendes67/


https://books.google.com.br/books?id=ALqKAgAAQBAJ&pg=PT405&lpg=PT405&dq=gILMAR+mENDES+DEU+TR%C3%8AS+HABEAS+CORPUS+EM+SEGUIDA+PARA+dANIEL+dANTAS&source=bl&ots=50hTA06le8&sig=ZKZhwJpoG7uyeycj-k_Ek1vANSw&hl=pt-BR&sa=X&ved=0ahUKEwiOgfT3x9XQAhXDh5AKHSpFC584ChDoAQhGMAg#v=onepage&q=gILMAR%20mENDES%20DEU%20TR%C3%8AS%20HABEAS%20CORPUS%20EM%20SEGUIDA%20PARA%20dANIEL%20dANTAS&f=false

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

AVIÃO DA CHAPECOENSE PERDEMOS NOSSOS ÍDOLOS!


HOJE O ESTADÃO PUBLICA QUE O AVIÃO QUE CAIU NA COLOMBIA ERA NA VERDADE UM TRANSPORTADOR DE COCA, DO NARCOTRÁFICO,
O DONO DO AVIÃO É DEPUTADO NA VENEZUELA QUE ESTA PRESO POR TRAFICO DE DROGAS.
A\EMPRESA TRANSFERIU SUA SEDE PARA BOLIVIA APOS MORTE DE HUGO CHAVES.
O DEPARTAMENTO DE ESTADO AMERICANO [ CIA E FBI E DEA] ATERTOU A EXISTENCIA DESTE AVIÃO QUE ESTAVA TRANSPORTANDO TIMES DE FUTEBOL PRATICAMENTE DE GRAÇA.
O PORÃO DO AVIÃO ERA RESERVADO PARA O TRANSPORTE DE COCA DA BOLIVIA PERU EQUDOR. E COLOMBIA E BOLIVIA.
É ESTE AVIÃO QUE LEVA DROGA PARA O MEXICO. O DEA ESTÁ ATRAS DESTE AVIÃO A MAIS DE 4 ANOS.
EM FIM É O AVIÃO DO NARCOTRAFICO.


O AVIÃO QUE CAIU NA COLOMBIA ÉRA UM TRANSPORTADOR DE DROGAS [COCA] DA BOLIVIA E COLOMBIA.
INICIALMENTE O PRINCIPAL ACIONISTA DA CIA ERA O DITADOR HUGO CHAVES, DE ACORDO COM A CIA E FBI.
O AVIÃO ESTAVA PROIBIDO DE VOAR PARA OS ESTADOS UNIDOS.
Companhia aérea dona de avião que caiu na Colômbia tem negócios obscuros na VenezuelaFundador da LaMia é ex-parlamentar da Venezuela que se tornou lobista de executivo chinês atualmente preso

Felipe Corazza, Luiz Raatz e Roberto Godoy,
O Estado de S.Paulo
30 Novembro 2016 | 06h00
Notícias relacionadas
Avião da tragédia era o único em ação da empresa aérea
Modelo do avião que caiu já se envolveu em 7 acidentes; veja
Investigação inicial mostra que corpos e destroços não têm sinal de combustível
Um ex-parlamentar venezuelano está na origem da empresa LaMia, companhia aérea dona do avião que caiu na Colômbia matando parte da equipe da Chapecoense, dirigentes, jornalistas e tripulantes. Ricardo Albacete Vidal é o fundador e proprietário da empresa na Venezuela, tendo transferido as operações para uma subsidiária boliviana em janeiro de 2015.
A LaMia anunciou, em 2010, o início das operações no Estado de Mérida. Criada após um acordo com o governo de Hugo Chávez para impulsionar o setor aéreo do país, a aérea foi registrada como uma companhia de ciência e tecnologia. Com isso, foi beneficiada com a influência do governo para levantar dinheiro junto a um fundo de investimento criado pelo governo chinês para estimular a economia venezuelana.

O ACORDO DE PAZ ENTRE\ AS FAC E GOVERNO DA COLOMBIA NÃO PREVÊ ACABAR COM PLANTAÇÃO DE COCAÍNA NA COLOMBIA.
O NARCOTRAFICO VAI CONTINUAR EXISTINDO.
MUITO MENOS O GOVERNO DA COLOMBIA VAI ACABAR COM FINANCIAMENTO PARA SE PLANTAR COCA NO PAIS.
OS BANCOS COM BOLIVIANOS E COLOMBIANOS E PERUANOS VÃO CONTINUAR LAVANDO DINHEIRO DO NARCOTRAFICO NO PANAMÁ.

domingo, 27 de novembro de 2016

Intervenção cívico-Militar Constitucional Art. 1 da CF/88


O povo sabe o seu verdadeiro poder:
Constituição de 1988: "Art. 1 Parágrafo Único - Todo o poder emana do  povo, que o exerce por meio de efeitos ou diretamente nos termos desta Constituição”.

Lutemos contra o crime organizado que se instalou nos três poderes, nas instituições, destruindo o Brasil. 

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Getúlio teve papel histórico dos mais negativos em 1930/1945 e a Importância da Revolução paulista de 1932

Resultado de imagem para revolução constitucionalista de 1932Resultado de imagem para revolução constitucionalista de 1932

UMA DITADURA É UMA DITADURA É UMA DITADURA (*)
Preso em 1936 e em 39, Carlos Marighella foi bestialmente torturado pela polícia política de  Filinto Muller, o carrasco da ditadura getulista.
Resultado de imagem para Getúlio Vargas  ditador
Companheiros vieram contestar a avaliação que eu fiz da Revolução Constitucionalista de 1932 como um movimento libertário, batendo na surrada tecla de que a oligarquia de outros estados era melhor que a oligarquia de São Paulo.

Para revolucionários, oligarquias são oligarquias, pouco importando se compostas pelos industriais paulistas ou pelos pecuaristas gaúchos. Por aí não se justifica coisa nenhuma.

O que importa era o que defendiam os legalistas (uma nova Constituição que pusesse fim aos desmandos e arbitrariedades) e o que defendiam os repressores (o prosseguimento dos desmandos e arbitrariedades, sem uma Lei maior para atrapalhar).

O fato é que até hoje a historiografia está contaminada pelas avaliações nada isentas dos historiadores que oscilavam na órbita do Partido Comunista (muitos, naquele tempo), os mesmos que minimizaram absurdamente a Grande Greve de 1917 por ter sido de inspiração anarquista. Só com a reaparição triunfal do anarquismo nas barricadas parisienses de 1968 é que historiadores de uma nova geração resgataram a importância histórica da primeira greve geral brasileira.

Como o Partidão não se colocou frontalmente contra o golpe de 1930, os acadêmicos  
progressistas impingiram a cascata de que, no início, a coisa não havia sido tão ruim assim, uma mera ditabranda...
Depois, veio um daqueles ziguezagues caracteristicamente stalinistas, a súbita guinada de 180º. O PCB, que estava sendo complacente demais com os tiranos, de repente recebeu a ordem de derrubar a ditadura!

A orientação de Moscou foi no sentido de que partisse para a tomada revolucionária do poder, com Luiz Carlos Prestes (que se havia convertido ao comunismo no exílio) voltando ao Brasil como uma espécie de interventor, já que conquistara a confiança dos dirigentes da Internacional.

O PCB era não só contrário ao ingresso de Prestes (ainda mais como principal dirigente!) por considerá-lo apenas um pequeno-burguês radicalizado, como também se opunha a planos insurrecionais que não encontravam respaldo na correlação de forças brasileira. Mas, teve de se submeter aos iluminados da Internacional.

E deu no que deu - um retumbante fracasso e uma arma propagandística que os reacionários ainda utilizavam na minha juventude, três décadas depois, vertendo lágrimas oportunísticas sobre a tumba dos militares que teriam sido surpreendidos na calada da noite e assassinados na cama pelos comunistas insidiosos...

Enfim, a historiografia inspirada pelo PCB andou absolvendo a ditadura getulista nos primeiros anos e só a recriminando a partir de quando acentuou sua opção pela direita, aliando-se aos integralistas de Plínio Salgado (a versão tupiniquim do nazismo) para instaurar o Estado Novo.

Depois, foi a vez de Vargas dar seu ziguezague. Como os estadunidenses articularam o fim de sua ditadura em 1945, bem como a de Perón na Argentina, reagiu assumindo uma plataforma nacionalista em sua campanha para voltar ao poder em 1950, desta vez como presidente eleito.

Resultado de imagem para Luiz Carlos Prestes   e Getúlio Vargas
O PCB aliou-se a Getúlio, com Luiz Carlos Prestes subindo no palanque do responsável pelo martírio da mãe de sua filha.

E, novamente, os historiadores submissos à linha correta foram orientados a suavizar a imagem da ditadura getulista.

Como sou um libertário, não tenho nada a ver com isso. Continuarei falando o que sei, aquilo que aprendi nas minhas leituras e nas conversas com os veteranos da resistência ao arbítrio anterior a 1964. Até porque tenho a convicção profunda de que o regime militar foi continuador da ditadura getulista, retomando e aprimorando várias de suas práticas.

Resultado de imagem para revolução constitucionalista de 1932Resultado de imagem para revolução constitucionalista de 1932
CENTRALIZAÇÃO POLÍTICA E ECONÔMICA 
Eis algumas informações sobre o levante paulista de 1932 que esses historiadores não consideraram importantes, mas eu considero:
  1. não há provas incontestáveis de que Vargas tenha perdido a eleição presidencial de 1930 para Júlio Prestes por fraude, nem de que só um lado tenha fraudado (a prática mais frequente era a de fraude generalizada, com as urnas ungindo sempre o candidato do governador em exercício, e Getúlio levava a desvantagem de ser apoiado por apenas três governos estaduais);
  2. a exemplo do de 1964 (o ouro de Moscou e outras tolices), o golpe de 1930 utilizou falso pretexto, já que João Pessoa não foi assassinado por motivos políticos, mas sim como vingança de João Dantas pela publicação na imprensa das cartas de amor por ele trocadas com Anayde Beiriz e que haviam sido confiscadas em sua casa pela polícia;
  3. Getúlio tomou posse instalando uma ditadura, já que suspendeu a Constituição; destituiu os governadores e nomeou interventores em quase todos os estados (a única exceção foi Minas Gerais); dissolveu o Congresso nacional, os Congressos Estaduais (câmaras e senados estaduais) e as Câmaras Municipais, além de exilar Júlio Prestes, o presidente deposto Washinton Luís e vários de seus apoiadores;
  4. afora a adoção de medidas despóticas de centralização política, praticamente idênticas às de 1964, o golpe de 1930 adotou figurino similar também em termos de centralização econômica (os estados foram proibidos de contratar empréstimos externos sem autorização do governo federal; o Banco do Brasil passou a deter o monopólio de compra e venda de moeda estrangeira, controlando, assim, o comércio exterior; foram impostas medidas para controlar os sindicatos e as relações trabalhistas; e criadas instituições para intervir no setor agrícola como forma de enfraquecer os estados);
  5. jornais foram empastelados, a imprensa intimidada;
  6. a resposta ao arbítrio foram comícios constitucionalistas em São Paulo, o maior deles reunindo cerca de 200 mil pessoas, um assombro para a época;
  7. a demanda civil por uma nova Constituição esbarrava no veto dos tenentes radicais, exatamente como as tentativas de devolução do poder aos civis no golpe seguinte esbarrariam na resistência da linha dura militar;
  8. o estopim da revolta de 1932 foi o assassinato de cinco jovens no centro da cidade de São Paulo (os quatro do MMDC morreram imediatamente e o quinto após agonia mais longa), baleados por partidários da ditadura pertencentes à Legião Revolucionária, um grupo paramilitar consentido pelos déspotas, assim como o CCC seria depois consentido pelo regime de 1964.
Resultado de imagem para revolução constitucionalista de 1932
Ditaduras são sempre ditaduras: cruéis, sanguinárias e repulsivas.

E, se relevarmos os traços tirânicos da de 1930 por ter sido até certo ponto modernizante, teremos que conceder igual tratamento à de 1964, que também remodelou o Estado.

O fato da primeira modernização haver tido viés mais populista pode significar algo para quem comunga com o utilitarismo. Mas nada significa para quem, como eu e os bem formados na tradição marxista, não aceita que fins justifiquem meios.

Que o digam Olga Benário, que Getúlio Vargas despachou para morrer na Alemanha hitlerista, bem como os camaradas barbaramente torturados pela polícia política de Filinto Muller, a quem o jornalista David Nasser se referiria depois como o réu que ficou faltando no julgamento de Nuremberg.

O carrasco Filinto Muller, aliás, é um dos personagens que fizeram ligação entre os dois regimes de exceção: foi dirigente importante da Arena, o partido de sustentação da ditadura de 1964.
Marighella - Retrato Falado do Guerrilheiro [Parte 1]
https://www.youtube.com/watch?v=aP7PDWsVgUA 

* Tanto este texto quanto o Isto É o Brasil são de 2009. No ano passado, houve discussão semelhante à de agora. A qual reforçou minha convicção de que tenho o dever de continuar questionando as deturpações históricas com que certos schoolars justificam, explicita ou implicitamente, as ditaduras. O papel histórico de Getúlio Vargas pode ter sido até positivo em 1950/54, mas foi dos mais negativos em 1930/1945. Alguém precisa explicar isto às novas gerações, para que não sejam confundidas por falácias autoritárias. Eu o façoquarta-feira, 7 de julho de 2010
https://naufrago-da-utopia.blogspot.com.br/2010/07/uma-ditadura-e-uma-ditadura-e-uma.html?m=1

sábado, 19 de novembro de 2016

Elieser Barros Correia - Ceplac e o crime da vassoura-da-bruxa na BA em 2006


ATENÇÃO POVO BAIANO QUE FICOU DESEMPREGADO EM 2006.DEVIDO CRIME DO CACAU PRATICADO  PELO PETISTA  Elieser Barros Correia. Ele foi nomeado pelo governo Temer na Ceplac para os serviços de assistência... à cultura do cacau! ATENTOS PARA A CONDUTA DO ESCOLHIDO.


Em 2006 o crime da vassoura-de-bruxa deixou 30 mil produtores falidos e mais de 250 mil trabalhadores rurais desempregados,  um prejuízo à astronômica cifra de US$ 10 bilhões de dólares. Luiz Henrique Franco Timóteo. Baiano, de 54 anos, ele contou detalhes de como ele próprio, então ardoroso militante esquerdista do PDT, se juntou a outros cinco militantes do PT para conceber e executar a sabotagem contra  os barões do cacau, cujo vasto poder econômico se desdobrava numa incontrastável influência política na região Sul da Bahia. O grupo – formado por Timóteo e os petistas Everaldo Anunciação, Wellington Duarte, Eliezer Correia e Jonas Nascimento - entendeu que a melhor forma de minar o domínio político da elite local seria por meio de um ataque à base de seu poder econômico – as fazendas de cacau.  

http://www.oantagonista.com/posts/exclusivo-terrorista-biologico-no-governo
http://www.alertatotal.net/2006/07/cpi-na-bahia-investigar-se-petistas.html

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

FHC e o enfraquecimento das Forças Armadas brasileiras

fhc
Entre as exigências abrangentes do Diálogo Interamericano - DI  a que FHC e Lula fazem parte, estavam entre outras  o enfraquecimento das Forças Armadas, redução de sua capacidade de decisão das referidas Forças, por elementos a elas pertencentes, como a Polícia Militar, Civil e até mesmo a Polícia Federal, além de reduzir seus quadros e usá-las nas Forças de Paz da ONU.

As Forças Armadas tem sua origem na necessidade, em certos momentos, de dar suporte para a diplomacia ou para ataques estrangeiros. Há também situações internas, que dizem respeito a manutenção da ordem e da lei, que ultrapassam as condições das policias, que obrigam a presença das Forças Armadas.

Por isso o PT quer acabar com a PM e Polícia Civil e Federal, criando milícias desvinculadas das Forças Armadas. Por isso os cortes no Orçamento iniciados por FHC, cortes de contingente e de redução de tropas e de postos militares fronteiriços, que desde o governo de FHC, veem destruindo e desfigurando nossas Forças Armadas.

No dia 24 de agosto de 1997, o Presidente brasileiro e entreguista  FHC atendeu prontamente o DI (Diretório Internacional) anunciou a criação do Ministério da Defesa, tirando todo o poder político dos antigos comandantes das três Forças Armadas, e  assim, nomeando um civil. 
Foi uma clara manobra política para favorecer a candidatura do Brasil a um assento no Conselho de Segurança da ONU, já que seria difícil explicar ao mundo como um país com vaga nesse Conselho aspira a decidir sobre questões de segurança internacional tendo quatro ministros militares respondendo pela pasta da Defesa. (A ONU CRIADA PELOS DA ESCOLA DE FRANKFURT).

Outro passo maior foi dado por FHC e pelo Diálogo Interamericano no que diz respeito ao poder dos militares. 
FHC foi a ONU assinar um “Tratado de Não Intervenção Militar” na América Latina. Este tratado simplesmente inibe a possibilidade de tropas se amotinarem e de realizarem uma intervenção militar.

Ninguém quer regimes militares, mas ninguém quer regimes civis que deixem o brasileiro sem esperanças de construir um futuro adequado para seus filhos. A classe civil que ponha a mão na consciência antes de criticar os pronunciamentos militares em prol de um país melhor. Desta forma, os governos de esquerda também proibiram a participação de militares na política e em assuntos nacionais. 

Por isso o General Mourão foi punido após criticar o governo e de levantar a bandeira da luta patriótica. Por isso o General Augusto Heleno foi afastado da missão de apaziguar tribos indígenas após denunciar a infiltração de ideologias de esquerda que estavam sendo disseminadas em diversas tribos. 

A esquerda incentivava a luta de índios e sua independência do Brasil, criando nações independentes.

A esquerda Lula e Celso Amorim ratificou junto a ONU a OIT/169 doando o território nacional tão logo aconteça o desrespeito ao PNDH3 de FHC. Dilma não denunciou, retificou a Oit/169 até 24/07/2014.

Da parte do Foro de SP, na reunião de Princeton, foi colocada por Lula, a questão do Haiti, onde Aristide, o Presidente socialista eleito, tinha sido retirado do poder pelas Forças Armadas haitianas. Depois de vários fracassos diplomáticos para que Aristide retornasse ao poder. O Diálogo havia decidido que a melhor maneira para dar apoio ao socialista, seria enviar tropas brasileiras para o Haiti para corrigir este problema. Sob a legenda de “Missão de Paz”, nossas tropas foram enviadas para o Haiti para dar apoio ao socialismo de Aristide e possibilitar sua volta ao poder. Tudo pelo socialismo!

PSDB e o PT em conjunto, destruíram nossas Forças Armadas, encurralaram o povo brasileiro e tiraram de todos nós brasileiros, qualquer possibilidade de reação contra o avanço do comunismo no Brasil e na América Latina.
Deram tempo de mais para os comunistas se prepararem, deixaram os comunistas e traidores da pátria do PSDB nos desarmarem, permitiram que FHC cortasse verbas, que abortasse programas de defesa de nossas Forças Armadas, que contingentes e regimentos militares fossem sucateados e eliminados e que o Foro de SP fosse criado e enraizado no país. Veio o governo Lula e aceitaram de forma passiva o envio de tropas para o Haiti, permitiram as reuniões do Foro no Brasil, o sucateamento progressivo e continuado das Forças Armadas, permitiram que o governo de Dilma Rousseff os humilhasse de forma vergonhosa, através da criação da Comissão da Verdade. Permitiram também que os comunistas do PSDB e do PT criassem raízes e implementassem o socialismo no país.

Mas a culpa não é somente dos nossos militares, mas também da mídia traidora, dos jornalistas marxistas que nos omitem a realidade dos fatos, que se vendem de forma traidora e que se foda o povo e o país, do povo que se deixou enganar por esses manipuladores comunistas, que deixou o sistema dominá-los e doutriná-los.

O Exército, os Chefes Militares, não vem cumprindo o seu exclusivo dever de dizer não, basta, apenas, o Exército Brasileiro passar a cumprir o seu intransferível dever de dizer não.
http://undbrasil.org/?p=54

http://mudancaedivergencia.blogspot.com.br/2014/03/lula-fhc-fmi-fraude-constituicao-forcas.html

https://osproscritos.wordpress.com/2016/01/06/o-traidor-do-brasil/
http://occalertabrasil.blogspot.com.br/2014/11/o-foro-de-sao-paulo-e-o-dialogo.html

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

OS REVISIONISTAS DA CÂMARA E SUAS REIVINDICAÇÕES

Resultado de imagem para os invasores da Câmara
O noticiário do dia 16 de novembro deu grande destaque ao que aconteceu na Câmara dos Deputados, quando  o plenário foi invadido por manifestantes. Foram qualificados de agitadores, vândalos, terroristas e por aí vai. Só que jornais, rádios e TV se esqueceram de mostrar as revindicações que os manifestantes levaram ao Congresso Nacional. São as reivindicações que
 todos os brasileiros fazem no momento.
 

Confira a pauta da "ocupação do Congresso Nacional em 16 de novembro de 2016:

QUEREMOS O FIM:

-  do FORO de SÃO PAULO, UNASUL, URSAL, BRICS e a integração política com países da América do Sul;

- da Ideologia de gênero e Maxismo Cultural na Educação,

- da Desmilitarização da PM (PEC51) e o desarmamento da população;

- da  OIT 169 - A criação das Nações Indígenas, a internacionalização da Amazônia;
- do FORO PRIVILEGIADO, o 14º e o 15º salário dos políticos, aposentadoria no 2º mandato, aposentadoria automática para Presidente da República, governadores e qualquer cargo político eletivo;

- das indenizações fartamente distribuídas na comissão da verdade;

- da  aposentadoria compulsória para juízes flagrados em atos de corrupção;

- da indicação Política para o STF e Tribunais Estaduais;

- do decreto 8243 > PL 8048 (Conselhos Populares) - PL 280/2016 (Abuso de Autoridade) - PL 1210/2007 (Anistia Cx 02) - PL 4372/2016 (Proíbe presos de delatar) - PL 4081/2007 (Ficha limpa para delatar) - PL 2755/2015 (Impede corrigir delação);

- da lei do indulto de pena para crimes hediondos e de corrupção;

- da lei da lista fechada;

- das urnas eletrônicas tais como estão atualmente;

- do voto proporcional;

- do aparelhamento político de empresas estatais;

- do aborto;

- de 35 partidos políticos;

- do ALTO salário para vereadores e prefeitos;

- do excesso de Ministérios.

-  do IMPOSTO SINDICAL

____________

SOMOS A FAVOR:

- de Curso superior para prefeito ,deputado ,senador , presidente e vice-presidente .

- de  Ministros com especialização na área de atuação.

- de  idade penal aos 14 anos;

- de Enquadramento da Corrupção como crime hediondo, com 30 anos de cadeia e possibilidade de revisão da pena depois de 20 anos de cumprimento em regime fechado;

- da Retirada do tempo máximo de cumprimento de pena que hoje é de 30 anos;

- da Unificação da agenda de eleições;

- A volta da matéria OSPB nas escolas;

- da Implantação da Escola sem partido;

-do  Fim dos 35 partidos e a criação de no máximo 3;

- da Extinção e criminalização dos partidos comunistas e socialistas.

- do Fim da reeleição;

- do TRIBUNAL MILITAR para políticos da atualidade - Pelos crimes de Traição e Lesa pátria;

- da Diminuição de 513 para 250 parlamentares na Câmara e 40 para o Senado;

- da Ficha limpa para cargos políticos;

- do Salário de professor que deverá ser sempre igual ou maior que um parlamentar;

-de  Delegar o poder aos Militares - Ministério da Defesa.

- do Fim dos privilégios políticos e do judiciário, cada um que compre seu carro e faça seu plano de aposentadoria e plano de saúde;

- do Fim da suplência no cargos políticos eletivos;

- de Eleições proporcionais para cargos eletivos;

- de Juízes do STF concursados;
____________

EXIGIMOS AUDITORIA TOTAL E
 
 IRRESTRITA:

- Na EMBRAPA;

- Na Dívida interna/Externa;

- Nas Privatizações desde o Governo FHC;

- No BNDES, Banco do Brasil, Caixa Econômica, Banco Rural, Banco do Nordeste;

- No subfaturamento dos Minérios Estratégicos (NIÓBIO);     

 
     
     O conteúdo do recado foi dado pelos manifestantes. Os Poderes Públicos e os governantes têm de respeitar a Lei, a Ordem e o regime democrático. Se insistirem na adesão ao crime institucionalizado, serão tirados do poder pela vontade popular. A maioria das pessoas de bem não aguenta mais sobreviver sob a ditadura criminosa. Por isso, o Brasil está mudando. Por isso, não dá mais para parar a Lava Jato.