quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Paulo Guedes - Banco Central independente! Privatizá-lo? Privatizar é o programa dos globalistas para o Brasil?

Sr. Paulo Guedes privatizar o Banco Central para os globalistas? ou, libertar o Banco Central brasileiro do BIS  sob o controle da FED dos sionistas que falam que são judeus mas na realidade, não são judeus, são bárbaros banqueiros e sanguinários? OU, privatizar o Banco Central obedecendo a Gesara/Nesara dos mais ricos pela troca da moeda que futuramente será lastreada no ouro? com independência de cada país?
Por que Paulo Guedes vocês não falam nada disso para a sociedade brasileira?

Sr. Paulo Guedes, o senhor fala veementemente no vídeo abaixo, em fazer independente, ou "privatizar" o Banco Central; não podemos esquecer que Rothschild possui 12,5% de poder sobre o Banco do Brasil, conforme Decreto inconstitucional de Lula,  quanto aos demais bancos, sabemos lá o que o senhor apresentará,nada é revelado, nada é auditado!.

Sr.. Paulo Guedes, falas em privatizar, que o governo anterior desfalcou o Brasil MAS, em nenhum momento cita Collor e FHC os mentores do neoliberalismo no Brasil por que? não teve a OMBRIDADE de exigir do novo governo Bolsonaro uma auditoria internacional das contas públicas brasileiras para confirmar os desfalques, os desvios do erário para assim continuarem a culpar o PT sem jamais mencionar FHC o privatista, a herança maldita.

Sr. Paulo Guedes, no vídeo abaixo, o senhor fala da terrorista Dilma Russeff  por tentar disparar a inflação usando o Banco Central com suas pedaladas, MAS, O SR. PAULO GUEDES não fala que o privatista FHC entregou, doou, o Banco Central nas mãos do FMI camuflando a inflação para se reeleger, e após eleito, elevou a inflação e quase destruiu o plano Real!   

E por que, Sr. Paulo Guedes, que o Brasil não pode ter uma moeda nacional lastreada no Nióbio? E o Nióbio brasileiro não deve ser investigado?  nas mãos financeira dos Moreira Sales(Itaú/Unibanco) também sócios do Instituto Millenium em que o senhor é fundador;  No Brasil deve  ser criado um modelo econômico que  beneficie o Brasil com a exploração e comercialização do Nióbio! Por que, Sr. Paulo Guedes o Sr.Zema Natural de Araxá (terra do Nióbio) do Partido Novo com ligações,.. foi eleito governador de MG? Que ligações existe entre o Partido Novo, Instituto Millenium, Casa das Garças RJ e Casa Ibiá SP = O centro de Debate de Políticas Públicas (CDPP)? tendo como fundador Paulo Guedes, e sócios entre eles: José Berenguer, presidente do JP Morgan no Brasil, José Olympio Pereira, do Credit Suisse, Pedro Moreira Salles, um dos acionistas do Itaú Unibanco, e como orador principal, PASMEM, Fernando Henrique Cardoso.  Não está existindo transparência,

Povo do Brasil,  pelo Brasil, eu vou continuar elogiar ou criticar quantas vezes for necessário. Espero que o Chicago boys Sr. Paulo Guedes com o seu Instituto Millenium, não tenha os globalistas como elo de conveniências para a tomada do poder; O superministro Paulo Guedes é chamado de “Posto Ipiranga” pelo presidente eleito Jair Bolsonaro, e o povo nem imagina a que isso se refere, nós precisamos nos atentar para os fatos  que relato abaixo, para não sermos enganados por uma turma de "economistas Ph.D", em sua maioria doutorados  pela PUC do RJ e recursos do Instituto think taks Ling dono da Petropar[6] que  insistem na tese privatista de FHC  que seguem fervorosamente, a doutrina liberal [5], prometem ao Brasil a Democracia mas, insisto em dizer: não aceitaremos uma Democracia Representativa, queremos uma Democracia Total, Transparente, Ética. O povo deve pesquisar tudo isso e sabendo, ciente, contestar.

discurso do economista no Instituto Millenium (retirou da internet)
https://www.youtube.com/watch?v=5gC3RdtF6fU
Resultado de imagem para Instituto Millenium Paulo Guedes
FHC: a herança privatista está retornando?
https://www.youtube.com/watch?v=k-U0u6JoeV8
FHC que "secretamente" se dedica ao tema de volta  das privatizações. Neste rumo, o mais prático disse ele,seria adotar logo o programa do Instituto Millenium de Paulo Guedes.

"think tanks" "fábrica de idéias" Você sabe o que é?

Os fundamentalistas do liberalismo: - Conheça o instituto gaúcho que prepara jovens empresários para ser seguidores fervorosos da doutrina liberal do Instituto Millenium tendo como fundador Paulo Guedes, para atuarem nas entidades públicas e privadas  O Instituto de Estudos Empresariais – IEE,  financiado pelo Instituto Ling do empresário gaúcho  Winston Ling presidente da Petropar (hoje, holding Évora);  Entre outros patrocinadores de seus eventos estão algumas das maiores empresas brasileiras, como o grupo Ipiranga, do setor de petróleo e petroquímico, a Vonpar, engarrafadora da Coca-Cola na Região Sul, a Lojas Renner e a Springer Carrier. Um dos grandes entusiastas da existência do IEE é Jorge Gerdau Johannpeter, dono do maior grupo siderúrgico das Américas. (Filhos e sobrinhos de Gerdau integram ou já integraram o instituto. André, visto como um de seus potenciais sucessores no comando do grupo, permanece como sócio honorário da entidade.) Desde 1986, o IEE promove o Fórum da Liberdade (tendo socialistas discursando!)[5]
INSTITUTO LING -  http://arearestrita.institutoling.org.br/linha-do-tempo
VEJAM ABAIXO o nome do Deputado do Sul NO PROGRAMA GCL Program
  • 2008

    dummy
    No ano em que a Petropar completa 20 anos de atuação, o Instituto Ling distribui 11 bolsas de estudos para:

    MBA
    - Elias Goraieb (Harvard);
    - Jefferson do Couto Kasa (Stanford);
    - Pierluigi Enzo Cumo Cavalcanti de Albuquerque (Chicago);
    - Rafael Castello Branco Pastor d'Oliveira (Chicago);
    - Samuel Yoshiaki Oliveira Kinoshita (Columbia);
    - Sergio Carvalho Dias Carneiro (Wharton).

    LLM
    - Filipe Scherer Oliveira (Harvard);
    - Patricia Neves Maciel de Oliveira (NYU);
    - Angela Bittencourt da Fonseca (Columbia);

    GCL Program
    - Fabio Maia Ostermann (Georgetown);
    - Marcel Van Hattem (Georgetown).

    Foto: Stanford University











Casa das Garças RJ, Agora, Casa Ibiá SP = O centro de Debate de Políticas Públicas (CDPP) sócios que destaco abaixo,
O Instituto  Millenium funciona como agregador de dezenas de outros institutos e blogs – MBL, Vem pra Rua – todos com a mesma orientação ultraliberal, como o Instituto Mises, presidido pelo dono do verdadeiro Posto Ipiranga (ou melhor, do Grupo Ipiranga), Helio Beltrão Filho, cuja matriz fica nos Estados Unidos e que também é diretor do Millenium. Fazem parte do Millenium centenas de jornalistas – colunistas, repórteres, escritores – que enaltecem os valores e as ideias de direita, visando atingir os jovens. A lista é enorme. Vai de Nelson Motta a José Nêumane Pinto.
Ser de direita era vergonhoso, agora ficou chic. Não havia jovens na direita, agora há muitos. Por trás de Paulo Guedes há uma forte estrutura, baseada em capitais internacionais ligados a múltiplos interesses

                                       Casa das Garças RJ e Casa Ibiá SP                 
ImageCasa, localizada nos Jardins, tem arquitetura modernista dos anos 50 e foi projetada por escritório de Niemeyer
No Rio de Janeiro, batizada de “Casa das Garças”. Agora, eles também poderão realizar suas reflexões econômicas – e algumas conspirações – em São Paulo. Já está em pleno funcionamento a “Casa Ibiá”, localizada na Rua Ibiapinópolis, no bairro nobre do Jardim Paulistano. A própria Folha, que não omite sua adoração ao “deus-mercado”, abriu o jogo em reportagem intitulada: “Economistas abrem versão de 'Casa das Garças' em SP”.
‘Casa Ibiá’, pretende ser uma cópia dos famosos “think-tank” dos EUA (tanque de pessoas pensando, na tradução literal do inglês). Através de seminários, debates e grupos de estudos, o CDPP elaborará propostas econômicas e de políticas públicas, sempre na ótica dos adeptos das teses regressivas e destrutivas do neoliberalismo. Do velho imóvel, recuperado pelo empresário Marcos Lederman, sairão novas receitas para a direita tupiniquim.
O ex-presidente FHC fez a palestra inaugural da Casa Ibiá, no final de 2013. “Na plateia, estavam ex-ministros de seu governo, como Pedro Malan e Celso Lafer... Foi um dos eventos que mais encheram o auditório, com 50 pessoas. Também foi assim na apresentação de Marina Silva sobre sustentabilidade”. O CDPP tem 40 sócios.Ele é dirigido por Affonso Celso Pastore, ex-presidente do Banco Central na gestão de FHC.,  seu sonho é transformar o CDPP “em alguma coisa parecida com o Peterson Institute” – o famoso “think-tank” dos EUA que produziu, nos anos 1990, o famigerado “Consenso de Washington” – o receituário neoliberal de reformas que incluía privatização das estatais, desnacionalização da economia e flexibilização dos direitos trabalhistas. O mesmo Pastore não esconde que a linha dos economistas da Casa Ibiá é ortodoxa, neoliberal. “Não temos nenhum heterodoxo [no CDPP]. Isso dá uma noção do que a gente julga que seria o nosso DNA”.

Será que alguém acredita que a Casa Ibiá será um instituto “apartidário”? Como a Casa das Garças no Rio de Janeiro, o CDPP será mais um “ninho tucano”. Diante da provável derrota de Aécio Neves nas eleições presidenciáveis de 2014 e Alckmin em 2018, a Casa Ibiá será mais um antro de conspiração da direita tupiniquim! Ela poderá somar esforços com os integrantes do Instituto Millenium, que congrega os barões da mídia. 

A Casa das Garças, como está sendo chamado o Instituto de Estudos de Política Econômica, é um filhote do Departamento de Economia da PUC do Rio de Janeiro. Todos os seus 16 integrantes são professores ou alunos ilustres que já passaram pela universidade. O clube de economistas não aceita novos sócios e prima pela discrição. A começar pela própria casa. [7]

 A Casa das Garças promoveu um seminário em parceria com o Banco Mundial para discutir o que houve com a economia brasileira entre 1999 e 2002. Participaram nomes de peso do mundo acadêmico como Olivier Blanchard, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), e Charles Wyplosz, do Instituto de Economia Internacional de Genebra. Vez por outra, funcionários do governo também participam. Como, Joaquim Levy, secretário do Tesouro Nacional, Eduardo Loyo, diretor de Estudos Especiais do Banco Central, e Marcos Lisboa, secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, já fizeram parte da platéia.
O seminário com o Banco Mundial vai virar livro, publicado pela editora do MIT. Será o primeiro de uma série. A ideia é colocar no papel e na internet todo assunto que parecer relevante. O dinheiro para isso virá de doação dos sócios[!], esse capital será usado para financiar pesquisas de estudantes e viagem de convidados estrangeiros. O próximo da lista é, Ben Bernanke um dos principais membros do Federal Reserve (o Banco Central americano) e professor da Universidade de Princeton (Princeton dos diálogos de FHC). Se continuar nesse ritmo, vai ser difícil manter a discrição. 

democracia_representativa

Notas:
Dos ex-alunos de Chicago, entre os quais estavam Langoni e Paulo Guedes, foram convocados por economistas da equipe do ditador a Augusto Pinochet para promover as reformas ultraliberais da economia chilena. Uma frase da cáustica economista e professora Maria da Conceição Tavares, resume bem o trabalho de desmonte das conquistas sociais e econômicas no Chile, após o suicídio de Salvador Allende, em setembro de 1973, quando as tropas de Pinochet e companhia que bombardearam o Palácio de La Moneda estavam prestes a invadir os portões: -Da turma de Chicago, quem menos matou foi Al Capone. (o gangster que comandava o crime organizado na Chicago dos anos 20, preso por crimes de sonegação pela força tarefa de Elliot Ness). https://www.jb.com.br/economia/2018/10/942771-as-derrotas-de-paulo-guedes.html
[7]Instituto Millenium a geração de 68:
Quem é quem no Millenium
Um dos fundadores e curadores é o conhecido apresentador do BBB Brasil, da Rede Globo, Pedro Bial. Mas o Instituto Millenium é composto por:
Câmara de Fundadores e DoadoresUma lista de 16 nomes, entre eles, os mais conhecidos são Guilherme Fiuza (jornalista), Gustavo Franco (ex-presidente do Banco Central no governo FHC), Hélio Beltrão Filho (presidente do Mises Brasil e sócio e ex-presidente do Grupo Ultra), Paulo Guedes (economista) e Pedro Bial (apresentador do BBB, da TV Globo), o vice-presidente das Organizações Globo, João Roberto Marinho, o ex-presidente do Banco Central Arminio Fraga e o presidente da Coteminas, Josué Gomes da Silva, filho do falecido empresário José Alencar da Silva, vice-presidente da República nos dois mandatos de Lula.
Uma das atividades fundamentais: A cooptação, via concessão de bolsas de estudo no exterior, de jovens jornalistas brasileiros. Esse trabalho não é feito diretamente pelo instituto Millenium, mas por um de seus agregados, o Instituto Ling, mantido pelo empresário William Ling, dono da Petropar, gigante do setor de petroquímicos. Endereçado a profissionais com idades entre 24 e 30 anos, o programa “Jornalista de Visão” concede bolsas de mestrado ou especialização em universidades dos Estados Unidos e da Europa a funcionários dos grupos de mídia ligados ao Instituto Millenium.
Câmara de MantenedoresAlguns: Roberto Civita (presidente do Grupo Abril), João Roberto Marinho (um dos sócios da Rede Globo), Armínio Fraga (economista do governo FHC), Hélio Beltrão Filho, Jorge Gerdau Johannpeter (presidente do Grupo Gerdau), Josué Gomes da Silva (filho de José Alencar, vice-presidente da República no governo Lula), Maristela Mafei (presidente da Máquina Public Relations), Nelson Sirotsky (presidente do Grupo RBS), a Localiza (maior locadora de veículos do País) e a Statoil, companhia norueguesa de petróleo. No “grupo máster” aparece a Suzano, gigante nacional de produção de papel e celulose. No chamado “grupo de apoio” estão a RBS, o Estadão e o Grupo Meio & Mensagem.
Câmara de InstituiçõesConfederação Nacional dos Jovens Empresários, Espírito Santo em Ação, Instituto Atlântico, Instituto de Cultura da Cidadania, Instituto de Estudos Empresariais, Instituto Liberal, Instituto Liberdade, Instituto Ling, Instituto Mises Brasil e Movimento Endireita Brasil.
Conselho de GovernançaPresidente Amaury de Souza (morto em agosto passado), Antônio Carlos Pereira, Hélio Beltrão Filho, João Roberto Marinho, Jorge Gerdau Johannpeter, Luiz Eduardo Vasconcelos, Roberto Civita, Paulo Guedes, Salim Mattar, William Ling e Pedro Henrique Marinai.
Gestor do Fundo PatrimonialArmínio Fraga.
Conselho EditorialAntônio Carlos Pereira e Eurípedes Alcântara.
Mantenedores e ParceirosAbril, Gerdau, Localiza, Statoil (Grupo Líder), Suzano (Grupo Master), Instituto Ling, Mises Brasil (Grupo Associado), Thomsom Reuters, Maquina Public Relations, Grupo M&M, Grupo RBS, O Estado de S.Paulo.
DoadoresUma lista extensa, da qual constam João Roberto Marinho, Roberto Civita, Armínio Fraga, Josué Gomes da Silva, Leandro Narloch (o escritor best-seller).
[8]Clube das Garças a geração de 68:
fundadores, 
Dionísio Carneiro
Professor da PUC e idealizador do projeto
Armínio Fraga
Ex-presidente do Banco Central e sócio da empresa de administração de fundos Gávea
Pérsio Arida
Ex-presidente do BNDES e do Banco Central, foi um dos formuladores do Plano Real
André Lara Resende
Economista, comandou o BNDES e foi um dos autores do Plano Real
Pedro Moreira Salles
Presidente do Conselho de Administração do Unibanco
Edmar Bacha Ex-presidente do BNDES  um dos pais do Real. E fundador da Casa das Garças no RJ

Nenhum comentário: