sábado, 28 de janeiro de 2017

No Brasil, adotaram a Dengue, as mulheres terão dificuldades em ovular

A sequência mundial determinado pelos Jesuítas usando a maçonaria pela extinção das massas;  aborto,  gayzismo, controle da natalidade, vacinas,... Mas, apenas o uso completo de nossas faculdades críticas, podem explicar, nos fazer entender, nos fazer enxergar a verdade.
“Não há nada escondido que não venha a ser revelado, nem oculto que não venha a se tornar conhecido" (Mateus 10.16b).

A tentativa de diminuir a população mundial para 500 milhões de pessoas.

Resultado de imagem para Na África, Bill Gates e outros estão implantando as vacinas
Na África, Bill Gates e outros estão implantando as vacinas. Ele vive dando palestras dizendo que o excesso de CO2 no planeta é ruim e que o que gera isso é a quantidade de pessoas. Logicamente baboseira, a história de aquecimento global, mudanças climáticas ou qualquer que seja o nome adotado é uma invenção para forçar políticas invasivas e controle de indústrias e comércios. Você pode achar mais informações sobre isso pesquisando por Eugenics.

No Brasil, adotaram a Dengue. Uma doença que é muito mais prejudicial às mulheres, já que afeta o sistema de coagulação do corpo. Daí você entende o porquê das hemorragias e tudo mais. A mulher, por menstruar, é muito mais vulnerável a qualquer doença de caráter hemorrágico. Também são as mulheres os alvos principais quando falamos de controle populacional.

https://www.youtube.com/watch?v=ioQDBl1KSxU
A Dra. Helen Wallace, fala sobre os riscos que a liberação dos mosquitos transgênicos no meio ambiente, pode representar para a população. Ela também denuncia interesses econômicos por trás da fabricação dos insetos geneticamente modificados, com a provável comercialização dos mosquitos, em larga escala. Helen Wallace é diretora da ONG GeneWatch. Ela também é cientista ambiental e cientista sênior no Greenpeace do Reino Unido; possui diploma de licenciatura em física pela Universidade de Bristol e é PhD em matemática aplicada pela Universidade de Exeter. Veja o que ela tem a dizer sobre os mosquitos trangênicos e a empresa inglesa, Oxitec, responsável pela mutação do inseto.
  • A  conexão íntima do feminismo com a aptidão reprodutiva começa com Victoria Woodhull Woodhull foi a primeira mulher a concorrer à presidência em 1872, líder do movimento feminino de sufrágio, primeira corretora feminina e primeira pessoa a publicar o Manifesto Comunista em inglês em seu artigo Woodhull & Claflin's Weekly. "Um governo humanitário estigmatizar os casamentos dos inaptos como crimes; Legislaria para impedir o nascimento do criminoso ao invés de legislar para puni-lo depois que ele nasceu, controlar a reprodução humana usando as instituições do Estado e do establishment científico para impedir que a classe baixa se reproduzisse e favorecer a criação da classe alta ou o que eles consideravam a Geneticamente apto”; - Em seu livro "O corpo humano no templo de Deus", ela elogiou as operações forçadas nos ovários das meninas considerado inapto e recomendou os métodos antigos gregos usados para eliminar as crianças indesejáveis de sua população; - Em 1950  Magareth Sanger instou o governo dos EUA para começar um sistema de esterilização de pessoas por eles rotulados débil mental.

Mais uma vez, eles enganam o povo.

Na próxima vez que vierem te falar de dengue, você já sabe a verdade.
Vacinas contra dengue, gripe, pode ter certeza que eles estão trabalhando firme para acabar com a raça humana.

Nenhum comentário: