quarta-feira, 22 de outubro de 2014

BNDES! O Banco Fomento que financiou e financia, o Estelionato Empresarial no Brasil e fora do Brasil

Adendo 2016:
 - Coutinho deixou o BNDES tecnicamente falido, imitou a equipe econômica dos governos petistas, criou uma maquiagem contábil, apresentou falso lucro e até distribuiu participação aos funcionários. Outro legado da era Coutinho é a desmoralização da imagem do BNDES
 - A delação premiada da Odebrecht relata uma história escabrosa de Lula e Eduardo Cunha que eram sócios em grande negócio de poços de petróleo em Angola junto com empresa Odebrecht. Lula indicou seu sobrinho Taiguara Rodrigues para representá-lo por intermédio de uma empresa OFFSHORE com sede  na Suíça; Lula deu dinheiro do BNDES para o negócio ir para frente.
http://www.tribunadainternet.com.br/coutinho-deixou-o-bndes-tecnicamente-falido-com-uma-divida-de-r-518-bilhoes/

VEJAM ISSO E POR FAVOR FAÇAM CHEGAR AOS BRASILEIRO Q AINDA ESTÃO CEGOS.
O Tesouro injetou no BNDES, segundo balanço semestral de 2014, exatos R$ 431,4 bilhões, nominal. Isto é o valor que foi injetado, sem considerar a equalização de juros. No apagar das luzes de 2014, Dilma autorizou injeção de mais R$ 30 bilhões no mesmo esquema do PSI - Programa de Sustentação de Investimentos , somando hoje R$ 461,4 bilhões. PSI, não entra  como despesa da União, estão na contabilidade do Tesouro e do BNDES como uma espécie de "volume morto". O volume de dinheiro é de responsabilidade, portanto, do contribuinte. O presidente Lula teria intermediado a negociação de empréstimos do PSI no montante de R$ 300 bilhões, da parte do empréstimo direto do BNDES.  O BNDES virou credor; e o Tesouro, devedor, o que é proibido, de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal. o BNDES Luciano Coutinho seu Diretor Presidente, foi conivente com esse tipo de operação
Transferências de recursos feitas pelo Tesouro ao BNDES que começaram em 2008, aumentaram excessivamente a dívida pública, tornando o Brasil insustentável:  “A nossa indústria de tecnologia de ponta foi destruída nos  últimos anos. Não houve nenhuma política que incentivasse o seu desenvolvimento.  Não se desenvolve, no curto prazo, um setor que foi destruído. A China levou vinte  anos para ter a sua indústria tecnológica. A Índia, quinze anos. Essa é uma prioridade,  mas é preciso formar engenheiros, cientistas.”[5]

ASSIM,  É NECESSÁRIO URGENTE AUDITORIA DA DÍVIDA INTERNA

O rombo só vai aparecer no decorrer dos próximos anos, pois que o financiamento concedido pelo Banco é de longo prazo.  Alguns antes, como foi o caso dos empréstimos de R$ 10,6 bilhões concedidos ao grupo OGX. Outra empresa que tem um passivo próximo de R$ 30 bilhões com o sistema BNDES é o grupo JBS/Friboi, a juros subsidiados de 3,5% ao ano. A empresa com dificuldade econômica conhecida no mercado que tem passivo alto junto ao sistema BNDES é a empresa de telefonia Oi.  A Construtora Odebrecht, em dificuldade por conta da Operação Lava Jato, tem também  passivo muito alto junto ao BNDES [4].
Resultado de imagem para BNDES! A bomba que o PT não quer que estoure
Curiosamente, essas empresas falidas ou em dificuldade financeira conta com o apoio explícito do Lula.  Não, Lula não é sócio dessas empresas como comentam, mas apenas intermediário nas operações de financiamentos e refinanciamentos. Digamos, que o Lula deve ter amealhado, no mínimo, R$ 5 bilhões em intermediações no BNDES. Claro, os depósitos estão nas contas nos paraísos fiscais, por orientação do Henrique Meirelles, principal executivo do JBS/Friboi [3].
Dilma Rousseff, Henrique Meirelles (no centro) e Joesley Batista: a presidente da República comandou uma operação secreta para pôr o executivo no comando da JBS. Júnior do Friboi ficou entre a cruz e a caldeirinha e, o então, o ex-presidente do Banco Central operou para resgatar  a crise do caso Cachoeira-Delta Delta Construções. Com a Delta nas mãos de um sócio do BNDES — que, por tabela, se torna sócio da Delta (a direção do banco nega que isto seja factível) —, a empresa pode se tornar uma gigante da construção. Digamos assim uma Deltabrás, uma Petrobrás das empreiteiras. A empresa, altamente bancada pelo governo, poderia ser usada inclusive como uma espécie de “reguladora do mercado”.[2] A ascendência do Lula sobre o Luciano Coutinho,à frente do banco bndes desde 2007, quando foi indicado pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Com relação à relação promíscua entre o Luciano Coutinho e o BNDES, se refere à empresa de consultoria que elabora os projetos de financiamento junto ao Banco.

Luciano Coutinho continua à frente do BNDES

Presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, durante coletiva de imprensa na sede do banco, no Rio de Janeiro, em abril de 2012 Foto: Sergio Moraes / Reuters

 O BNDES EMPRESTA SEM TRANSPARÊNCIA, E O PAGAMENTO RETORNA NÃO PARA O BNDES,  SIM, ATRAVÉS DE DEPÓSITOS EM DOAÇÕES PARA POLÍTICOS E PARTIDOS POLÍTICOS, OU FINANCIANDO SEM LASTRO PAÍSES COM A MESMA BANDEIRA. TUDO ISSO DEVE SER INVESTIGADO!
Uma pergunta insinuada mas não desenvolvida: a política de capitalismo de Estado, cevando empresas com dinheiro público, é útil para o país? Não se sabe ainda. Mas alguns negócios entre o BNDES e grupos privados têm sido danosos para a nação e, por isso, precisam ser repensados. O Estado não tem de ficar contra o mercado, na economia capitalista, mas também não pode se responsabilizar por equívocos dos empreendedores privados. Ao assumir de modo enfático um papel na economia, não como indutor, e sim participante, o Estado acaba por descuidar-se de áreas como educação, saúde e segurança pública. O governo Dilma Rousseff tem o dever de cuidar melhor destas três áreas.


SEM QUALQUER TRANSPARÊNCIA, BATERAM NA NOSSA CARTEIRA E DERAM PARA  NACIONAIS E NÃO NACIONAIS, POLÍTICOS,  E MUITOS PAÍSES,  É O GOVERNO AGINDO SOB DECRETO E SIGILO! É DITADURA.

Equipe da omissa e conivente caixa preta secreta

CPI/AUDITORIA DO BNDES JÁ! Em todos os governos civis! - Inclusive o destino para quem? do erário para os juros e pagamento da dívida pública art.164CF/88 qual o destino?   ESCÂNDALOS JAMAIS VISTO EM UMA REPÚBLICA!

Desde que Guido Mantega deixou a presidência do BNDES, em 2006, e se tornou Ministro da Fazenda, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social tornou-se peça chave no modelo de desenvolvimento proposto pelo governo. Desde então, o total de empréstimos do Tesouro ao BNDES saltou de R$ 9,9 bilhões — 0,4% do PIB — para R$ 414 bilhões — 8,4% do PIB.
Alguns desses empréstimos, aqueles destinados a financiar atividades de empresas brasileiras no exterior, eram considerados secretos pelo banco. Só foram revelados porque o Ministério Público Federal pediu na justiça a liberação dessas informações. Em agosto, o juiz Adverci Mendes de Abreu, da 20.ª Vara Federal de Brasília, considerou que a divulgação dos dados de operações com empresas privadas “não viola os princípios que garantem o sigilo fiscal e bancário” dos envolvidos. A partir dessa decisão, o BNDES é obrigado a fornecer dados sobre que o Tribunal de Contas da União, o Ministério Público Federal e a Controladoria-Geral da União (CGU) solicitarem.   
O BNDES alega também que os valores destinados a essa modalidade de financiamento correspondem a cerca de 2% do total de empréstimos, e que os valores são destinados a empresas brasileiras (empreiteiras em sua maioria), e não aos governos estrangeiros.
A seleção dos recebedores destes investimentos, porém, segue incerta: ninguém sabe quais critérios o BNDES usa para escolher os agraciados pelos empréstimos. Boa parte das obras financiadas ocorre em países pouco expressivos para o Brasil em termos de relações comerciais, o que leva a suspeita de caráter político na escolha.
Outra questão polêmica são os juros abaixo do mercado que o banco concede às empresas. Ao subsidiar os empréstimos, o BNDES funciona como um Bolsa Família ao contrário, um motor de desigualdade: tira dos pobres para dar aos ricos. Ou melhor, capta dinheiro emitindo títulos públicos, com base na taxa Selic (11% ao ano), e empresta a 6%. Isso significa que ele arca com 5% de todo o dinheiro emprestado. Dos R$ 414 bilhões emprestados este ano, R$ 20,7 bilhões são pagos pelo banco. É um valor similar aos R$ 25 bilhões gastos pelo governo no Bolsa Família, que atinge 36 milhões de brasileiros.

NOTAEm Cuba, a lista do doleiro Youssef investigado na Operação Lava Jato da PF, registra negócio nas obras do Porto de Mariel com a Olex Odebrecht Logística e Exportações, braço administrativo no exterior da Construtora Norberto Odebrecht - responsável pela obra e alvo das investigações da Lava Jato por cartel e corrupção. O valor do contrato negociado pelo doleiro, segundo o registro, foi de R$ 3,6 milhões, referente a cotação de tubos. O contrato data de 2010. A construtora nega irregularidades e relação com Youssef. Há ainda referências a negócios no Uruguai, Costa Rica, Argentina, Equador e Angola. A função de José Dirceu seria “abrir portas”, o que incluiria a intermediação de encontros entre autoridades estrangeiras e empresas brasileiras que pretendiam fazer negócio no exterior.
Seguem 22 exemplos de investimentos que o banco BNDES considerou estarem aptos a receberem investimentos financiados por recursos brasileiros. Você confirma todas as informações clicando aqui.
ASSIM, COMO DEMONSTRO ABAIXO  QUE NÃO MENCIONO TUDO, EU DEDUZO: 
QUE A ODEBRECHT TORNOU-SE O CAIXA DOIS DO GOVERNO PETISTA, A DONA DO BRASIL!!!

1) Porto de Mariel (Cuba)

Valor da obra – US$ 957 milhões (US$ 682 milhões por parte do BNDES) conforme Congresso em Foco à FUNDO PERDIDO! 'SUPER SECRETA"
Empresa responsável – Odebrecht

2) Hidrelétrica de San Francisco (Equador)

Valor da obra – US$ 243 milhões -   Empresa responsável – Odebrecht  -  Após a conclusão da obra, o governo equatoriano questionou a empresa brasileira sobre defeitos apresentados pela planta. A Odebrecht foi expulsa do Equador e o presidente equatoriano ameaçou dar calote no BNDES.

3) Hidrelétrica Manduriacu (Equador)

 Valor da obra – US$ 124,8 milhões (US$ 90 milhões por parte do BNDES) Empresa responsável – Odebrecht. Após 3 anos, os dois países ‘reatam relações’, e apesar da ameaça de calote, o Brasil concede novo empréstimo ao Equador. Enquanto falta água no Brasil!

4) Hidrelétrica de Chaglla (Peru)

Valor da obra – US$ 1,2 bilhões (US$ 320 milhões por parte do BNDES) 
Empresa responsável – Odebrecht

5) Metrô Cidade do Panamá (Panamá)

Valor da obra – US$ 1 bilhão - Empresa responsável – Odebrecht

6) Autopista Madden-Colón (Panamá)

Valor da obra – US$ 152,8 milhões Empresa responsável – Odebrecht

7) Aqueduto de Chaco (Argentina)

Valor da obra – US$ 180 milhões do BNDES -   Empresa responsável – OAS

8) Soterramento do Ferrocarril Sarmiento (Argentina)

Valor – US$ 1,5 bilhões do BNDES -  Empresa responsável – Odebrecht

9) Linhas 3 e 4 do Metrô de Caracas (Venezuela)

Valor da obra – US$ 732 milhões -  Empresa responsável – Odebrecht "SUPER SECRETA"

10) Segunda ponte sobre o rio Orinoco (Venezuela)

Valor da obra – US$ 1,2 bilhões (US$ 300 milhões por parte do BNDES) -  Empresa responsável – Odebrecht   "SUPER SECRETA"

11) Barragem de Moamba Major (Moçambique)



Valor da obra – US$ 460 milhões (US$ 350 milhões por parte do BNDES) -  Empresa responsável – Andrade Gutierrez

12) Aeroporto de Nacala (Moçambique)


Valor da obra – US$ 200 milhões ($125 milhões por parte do BNDES) -  Empresa responsável – Odebrecht

13) BRT da capital Maputo (Moçambique)

Valor da obra – US$ 220 milhões (US$ 180 milhões por parte do BNDES) -  Empresa responsável – Odebrecht Liderada pelo prefeito de Maputo, David Simango, uma comitiva da capital de Moçambique visitou o BRTRio 

14) Hidrelétrica de Tumarín  (Nicarágua)

Valor da obra – US$ 1,1 bilhão (US$ 343 milhões) -  Empresa responsável – Queiroz Galvão *A Eletrobras participa do consórcio que irá gerir a hidrelétrica Dilma influencia contrato

15) Projeto Hacia el Norte – Rurrenabaque-El-Chorro (Bolívia)

Evo-y-Lula-da-Silva
Valor da obra – US$ 199 milhões -  Empresa responsável – Queiroz Galvão

16) Exportação de 127 ônibus (Colômbia)

120_transmilenio_1
Valor – US$ 26,8 milhões -  Empresa responsável – San Marino

17) Exportação de 20 aviões (Argentina)

0,,19422150,00
Valor – US$ 595 milhões -  Empresa responsável – Embraer

18) Abastecimento de água da capital peruana – Projeto Bayovar (Peru)

4568916331_6d20d28d33_z
Valor – Não informado -  Empresa responsável – Andrade Gutierrez

19) Renovação da rede de gasodutos em Montevideo (Uruguai)

y-Gasoducto-Neuba-II-editada
Valor – Não informado -  Empresa responsável – OAS

20) Via Expressa Luanda/Kifangondo

via
Valor – Não informado -  Empresa responsável – Queiroz Galvão - Como estes existem mais de 3000 empréstimos concedidos pelo BNDES no período de 2009-2014. Conforme mencionado acima, o banco não fornece os valores… Ainda,
21)  O gasoduto em Itabuna, na Bahia... e outros! 
Na conquista de independência do Nordeste brasileiro pelo PT, a Petrobras criou "empresas de papel", 80% financiado pelo BNDES para construir e operar a rede de gasodutos Gasene, conforme constatação da Agência Nacional de Petróleo (ANP) e Jaques Wagner escolhido por Lula para governar a Bahia, na inauguração do gasoduto em 2010 [3,4]

22) Gasoduto no Peru
A um custo de 7,3 bilhões de dólares (16 bilhões de reais), o Gasoduto do Sul terá 1.000 quilômetros de extensão e servirá para o abastecimento domiciliar de gás para uma população de 600.000 pessoas nos Andes e na costa meridional do país, além de alimentar duas centrais termoelétricas em construção, cedidas em concessão para empresas estrangeiras. A brasileira Odebrecht já atua há 33 anos no Peru, com obras como a construção de hidrelétricas e de estradas.
23) JBS, holding J&F Henrique Meirelles,  JBS Friboi, Banco Original, Swift, Doriana, MassaLeve, Lebon, Pilgrim´s, Seara, Vigor, Rigamonti, Fiesta e Flora.
Hoje a credibilidade do grupo está diretamente associada à atuação do ex-presidente do Banco Central e do BankBoston, Henrique Meirelles que está cada vez mais rico e se tornou também acionista do Itaú. 
- O objetivo da propaganda em massa da JBS FriBoi não é comercial; pelo contrário, tem apenas a finalidade de amansar a grande mídia, para desestimular reportagens investigativas que possam revelar as entranhas desse surpreendente sucesso empresarial movido pela generosidade do BNDES, que na gestão petista emprestou à JBS R$ 2,5 bilhões (diretamente ou por meio de outros bancos) e comprou R$ 8,5 bilhões em ações do grupo, que equivalem a 24,6% de seu capital.
- Desde 2006, o grupo já figurava como um dos maiores doadores de campanhas políticas do Brasil. Meirelles só fez aumentar o cachê. Em 2010, por exemplo, o JBS ficou em terceiro lugar, com R$ 63 milhões. Mas em 2014, sob comando dele, o grupo passou a ser o maior doador, com R$ 366,8 milhões em patrocínio eleitoral, seguido da construtora Odebrecht , que doou R$ 111 milhões, e do Bradesco, com cerca de R$ 100 milhões. 
- O comprometimento da J&F com doações a políticos é tão grande que, somente para a eleição de 2014, a empresa doou 39,56% de todo o seu lucro líquido registrado em 2013, que foi de R$ 926,9 milhões. É como se, a cada R$ 100 de lucro, a JBS doasse R$ 39,5 para os caixas de campanhas de partidos e candidatos. Da mesma forma, a Odebrecht, segunda colocada no ranking de doações neste ano, doou 22% de seu lucro líquido em 2013, que foi de R$ 490,7 milhões.E TODO ESTE DINHEIRO TIRADO DO BNDES!
- A J&F comprou a grande imprensa, mas esqueceu a internet, e o surgimento de um escândalo será inevitável. O assunto é intrigante, apaixonante e desafiante. 
- Como os contratos receberam o carimbo de secreto, não sabemos do dinheiro retirado do BNDES com o suposto destino para a "JBS", o montante que serviu para manter os países da UNASUL para o destino socialismo autoritário, SÓ O TEMPO NOS DIRÁ o crime e anticonstitucional praticada pelo Lula/Putin/Fôro & Cia militante[6].


24) TEM MAIS,
- Prejuízo com a “construção” da Refinaria de Pasadena R$ Um bilhão de dólares;
- Prejuízo com as Obras do PAC somam 28 bilhões de Reais;
- Prejuízo na Eletrobras e na Petrobrás somam mais de U$ 100 bilhões de dólares;
- Prejuízo  com os 39 Ministérios criados por Lula/Dilma verdadeiros cabides de emprego e envolvendo comissionados, somam  U$ 58 bilhões de dólares;
- Prejuízo com os desvios da Refinaria Abreu de Lima em Pernambuco somam U$ 3.2 bilhões de dólares;
- Prejuízo com mais médicos (MP descobrindo não médicos no meio) 11.400 médicos e R$ 1,16 bilhões de Reais indo diretamente para a ditadura de Fidel Castro.

Se duvidam pesquisem a veracidade das informações.

A BOMBA QUE O PT NÃO QUER QUE ESTOURE
Por iniciativa do  parlamentar  Alvaro Dias (PSDB-PT), o STF se posicionará através de seu ministro presidente sobre o pedido  de que sejam revelados todos os meandros dos empréstimos de financiamento de obras no exterior, em especial em Cuba, Venezuela e Angola.  VERBAS ENVIADAS INCONSTITUCIONALMENTE COMO SECRETO

Assim o Sen. Álvaro Dias se pronunciou sobre o caso: “Não se pode admitir que o governo faça empréstimos vultosos sem que aqueles que pagam impostos saibam de informações como o valor dos empréstimos, o prazo de carência para o seu resgate, taxas de juros. Não vejo outro assunto que revolte tanto a população como saber que o governo empresta dinheiro dos brasileiros para a construção de um porto em Cuba, para o metrô de Caracas, para a construção de uma hidrelétrica na Venezuela, entre outras tantas obras em países controlados por ditadores sanguinários”.

Eu, até então, desconhecia a extensão dos empréstimos e para que eles serviam nesses países. Sabe-se agora que não foi apenas para se construir o Porto de Mariel, em Cuba, que o nosso suado dinheirinho foi empregado. Enquanto São Paulo e, principalmente, Salvador sofrem com a falta de transporte via metrô, o BNDES financia completamente o metrô de Caracas.

Calcula-se que o desvio de dinheiro público por intermédio desses “empréstimos” é tão grande que o Mensalão será completamente esquecido por ter sido apenas um ‘robozinho’ sem a “menor importância.

Lembrem-se de que os empréstimos foram feitos em moeda estrangeira, dólares, bilhões deles!

Se o Brasil tiver a sorte de ter como relator da matéria um Luiz Fux ou um Gilmar Mendes, o PT estará com seus dias contados, pois o roubo é tão grande que ninguém é capaz de avaliar o quanto.

Vamos torcer para que seja um desses dois ministros o relator, porque se cair nas mãos de Barroso, Toffoli, Lewandowski ou daquele gaúcho…

Bom, melhor esperar pra vermos.

O pedido de Álvaro Dias é uma ação direta contra a Presidenta Dilma Rousseff, o ministro Mauro Borges (Desenvolvimento, Indústria e Comércio) e o presidente do BNDES, Luciano Coutinho. Álvaro Dias fez seu pedido ao STF com base na Lei nº 12.527, de 2011, (Lei de Acesso à Informação) que, conforme preceitua seu art. 1º, tem a finalidade de “garantir o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. 5º, no inciso II do § 3º do art. 37 e no § 2º do art. 216 da Constituição Federal”.

Dessa ação judicial dependerá o futuro de Rousseff e seu séquito de ladrões, incluído aí o chefão de todos: Lula da Silva!

O PT TOMOU DE ASSALTO A NAÇÃO BRASILEIRA PARA DESVIAR SEUS RECURSOS A LULA E DILMA CABE A: LEI Nº 1.079, DE 10 DE ABRIL DE 1950.

Define os crimes de responsabilidade e regula o respectivo processo de julgamento.
CAPÍTULO VII
DOS CRIMES CONTRA A GUARDA E LEGAL EMPREGO DOS DINHEIROS PÚBLICOS:
Art. 11. São crimes contra a guarda e legal emprego dos dinheiros públicos:
1 - ordenar despesas não autorizadas por lei ou sem observânciadas prescrições legais relativas às mesmas;
2 - Abrir crédito sem fundamento em lei ou sem as formalidades legais;
3 - Contrair empréstimo, emitir moeda corrente ou apólices, ou efetuar operação de crédito sem autorização legal;
4 - alienar imóveis nacionais ou empenhar rendas públicas sem autorização legal;
5 - negligenciar a arrecadação das rendas impostos e taxas, bem como a conservação do patrimônio nacional.

Vamos repassar pessoal.Os verdadeiros brasileiros precisam estar informados dessas maracutaias promovidas por esses políticos corruptos desviadores do erário.
Herodoto Barbeiro com a especialista Maristela Basso, professora da USP. 
Fontes:

O Diário do Poder – Cláudio Humberto)

12 comentários:

Anônimo disse...

Ao ler isso, sinto uma mistura de nojo, raiva, tristeza e desejo de que seja feita justiça! Justiça com cada brasileiro que trabalha 5 meses no ano só pra pagar imposto e o mesmo ser revertido em infraestrutura, porém no país dos outros!!!
Ódio ao PT, Foro de São Paulo e essa corja toda!

Anônimo disse...

SAIBAM A VERDADE SOBRE DILMA

http://youtu.be/IUjb5FcthK8

OU

http://www.youtube.com/watch?v=IUjb5FcthK8

OU

http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=IUjb5FcthK8

Jorge disse...

...isso e´ser candil da rua e escuridão da casa.

Anônimo disse...

caramba meu! agora vou pra rua...

Cida Lemos disse...

NÃO PODEMOS NEM DEVEMOS NÓS DISPERSAR, UNIDOS RECUSAR COBRAR E CLAMAR PARA QUE A JUSTIÇA SEJA FEITO, E ESTES IRRESPONSÁVEIS PAGUEM MESMO QUE SEJA NA. CADEIA O ASSALTO FEITO AOS PATRIMÔNIOS NOSSO, DO NOSSO BRASIL.

Cida Lemos disse...

NÃO PODEMOS NEM DEVEMOS NÓS DISPERSAR, UNIDOS RECUSAR COBRAR E CLAMAR PARA QUE A JUSTIÇA SEJA FEITO, E ESTES IRRESPONSÁVEIS PAGUEM MESMO QUE SEJA NA. CADEIA O ASSALTO FEITO AOS PATRIMÔNIOS NOSSO, DO NOSSO BRASIL.

Marilda Oliveira disse...

Lutemos Cida Lemos. Acabo de assistir que o Tarso Genro (PT) faliu o RS e o Exército para lá marcha para Intervenção no entanto a guarda pretoriana da Dilma/ Lula também com a presença do Stédile/MST. A situação é preocupante e a Venezuela continua treinando guerrilheiros no Brasil, sem falar na quantidade de haitianos, angolanos que chegam no Brasil sem a presença da família e todos em idade militar, é preocupante. Lutemos pelo nosso Brasil!.

Carlos Oswaldo Bevilacqua disse...

"Pedaladas" são apenas alguns dos efeitos... Os pontos principais a considerar não são "pedaladas" e sim as medidas inconstitucionais de destinação de recursos públicos (do povo brasileiro) para construção de obras em outros países, bem como empréstimos, perdão de dívidas e doações a outras nações, em vez de destinar tais recursos para os mesmos fins econômico e sociais ao Brasil, a bem dos brasileiros.

Romero Casalins disse...

Buscando a todo o custo de um empréstimo de 10.000 euros e depois de entrar em contato com uma dúzia credor, eu segui a recomendação de um amigo em contato com um credor cujo nome está actualmente publicada em todos os blogs. Depois que eu seguido um procedimento seguro e puramente profissional, recebi a visita de sua equipe de controle em minha loja para a prospecção e poucos dias depois de os fundos foram transferidos para mim através do seu banco na Suíça. Pare de desperdiçar seu tempo com seu famoso Africano pronto para envolver você em um dilema. O credor em questão é chamado erminia e você pode enviar-lhe o seu pedido ao seu e-mail: gilardonierminia@gmail.com

Marilda Oliveira disse...

Prezado Romero. Assim, a Operação LavaJato está investigando os doleiros estes que controlando o erário expatriado ilegalmente, estão a transferir estes recursos dos bancos na Suíça beneficiando quem também colabora com os corruptos aceitando. Na semana, a Suíça disse que se o Brasil retirar os desvios do erário depositados em suas dezenas de bancos, quebrará a Suíça.
Saudçs. Grata pelo comentário.

fernando suares disse...


Financiamento por Empréstimos & Investimento Company Inc (fernandosuares09 @ gmail . com )

Bom dia Sra e Sr
Esta mensagem destina-se a indivíduos a todos aqueles que estão precisando de um empréstimo particular para reconstruir suas vidas. Você está procurando empréstimo reviver suas atividades para um projeto, ou para a compra de um apartamento, mas você está proibido de banco ou sua pasta no verão rejeitado banco. Eu sou um particular que oferece empréstimos que variam de 5.000 a pessoas € 950.000 capazes de satisfazer as condições. Eu não sou um banco e não exige muitos documentos para confiar em você, mas você deve ser uma pessoa justa, honesta, sábia e confiável. Eu concede empréstimos para todas as pessoas vivas. Minha taxa de juros é de 2.5% por ano. Se precisar de dinheiro para outras razões, sinta por favor livre contatar-me para obter mais informações. Estou disponível para conhecer meus clientes em uma duração máxima de 3 dias após a recepção do seu formulário de candidatura. Se você estiver interessado, entre em contato comigo para obter mais informações.


E-mail :fernandosuares09@gmail.com

NB: as pessoas sérias medidas para abstenirs

Melvin Landess disse...

Você está procurando um emprestador legítimo da internet? Meu nome é Melvin Landess, de United State.please eu quero aconselhá-lo a tomar cuidado com o empréstimo da China e qualquer parte da Malásia, porque eles são todos os scammers. Fui scammed mais de 6 vezes até que me deparei com uma empresa de empréstimo do Estado Unidos. Eles são tão maravilhosa e séria mente. Gostaria de aconselhá-lo entrar em contato com eles se você está na necessidade de empréstimo de qualquer tipo (pessoal ou de negócios), porque eu tenho um empréstimo sem qualquer estresse após a reunião sua exigência. Suas informações de contato são: ramzanhelp31@gmail.com